• PAULO CÉSAR BARUK

    Ele é sucesso garantido no youtube e agora é destaque aqui no blog DV...

  • CD MINHA ESPERANÇA

    Soraya Moares está de casa nova, lançando seu novo CD Minha Esperança...

  • MARINA VALADÃO'

    Está chegando nas lojas o CD Vai brilhar!...

  • O CD DO MÊS

    EMANUEL de nivea soares ganha espaço aqui no blog DV, confira a matéria na integra!...

468x60

Pamela lança novo CD “Ritmo e Poesia”


A cantora gospel Pamela lança o seu aguardado CD “Ritmo e Poesia”. Os fãs já aguardavam ansiosamente o lançamento que foi realizado oficialmente ontem pela MK Music, gravadora da cantora.

Pamela aposta em um estilo bem peculiar: músicas dançantes, próprias para tocar em uma festa cristã ou apenas no seu quarto. “Usamos tudo o que há de mais moderno para o trabalho, inovamos desde os temas das canções aos arranjos. Trabalhar com o Rogerinho, Victor e com o Dennis foi demais. É um CD bem pra cima, dance, impossível ficar parado”, conta Pamela.

O CD tem produção de Rogério Vieira, Victor Jr. e DJ Dennis.

O CD teria o nome “Música e Poesia”, mas a pedido dos fãs, Pamela decidiu que o repertório precisava ter músicas dance. A mudança no nome foi um reflexo na mudança do estilo do Cd, que inicialmente seria apenas romântico e agora mescla baladas românticas com…músicas para balada!

Participações especiais marcam o CD. Na faixa “Tô No Céu”, Pamela canta junto de Abdullah. Já em “Obrigado Deus”, Marina de Oliveira complementa e acrescenta muito à música. Jill Viegas, ex integrante da banda Promise, participa de “Inigualável Sensação”. As músicas do CD são assinadas por Davi Fernandes, Renato Cesar, Henrique Cerqueira, Adelso Freire. Pamela, junto de Glorinha, compôs a música “Vem pra Cá”.

“Ritmo e Poesia” também tem versões de músicas estrangeiras, entre elas “Esta Vez” de Adrian Romero, “Pensaba em Ti”, de José Miguel Velasquez, “Inigualable Sensacion” de Lilly Goodman e Juan Carlos Rodrigues.

Fonte: Gospel + / MK Music 25/2010

Trazendo a Arca vai para Europa e já prepara novo CD

O Ministério Trazendo a Arca deixou o Brasil ontem, dia 20, e seguiu rumo à Europa, onde fará uma extensa turnê de divulgação dos seus mais recentes álbuns: Pra tocar no manto e Salmos e Cânticos Espirituais.

Os integrantes desembarcam hoje em Portugal, onde fazem uma grande apresentação à noite, e, de lá, seguem para Espanha, depois Itália, Suíça e Inglaterra. O grupo percorrerá várias cidades nesses países, como Madrid, Milão, Zurich, Lugano, Geneve, Londres, entre outras.

A turnê pelo Velho Mundo se estenderá até dia 01 de junho, quando retornam para o Brasil. Na volta, o grupo atenderá algumas agendas, mas dará prioridade à produção do novo disco, o primeiro pela Graça Music, a ser lançado na ExpoCristã 2010, em setembro. Segundo Luiz Arcanjo, vocalista do Trazendo a Arca, “há três músicas prontas e algumas em fase de finalização”. Para Ronald Fonseca, integrante do Ministério e produtor do grupo, “um novo álbum é sempre um desafio, por conta da expectativa das pessoas e a natural comparação com o disco anterior. Mas o Senhor tem-nos dado canções, tem falado conosco, tem ministrado aos nossos corações e todas essas experiências serão transformadas em música. Tenho certeza de que, como está sendo especial para nós, também será para as pessoas que acompanham o nosso ministério”.

Para a Graça Music, o momento é de tranquilidade. “Apesar de sabermos que o prazo para o lançamento é relativamente curto, temos a certeza de que dará tudo certo. Já iniciamos algumas etapas da produção e está tudo correndo dentro do cronograma”, garante Ana Paula Porto, gerente executiva da gravadora.

Para mais informações sobre o Ministério Trazendo a Arca, acesse o site www.trazendoaarca.com ou siga o grupo pelo Twitter: www.twitter.com/taoficial

Font Graça Music 25/2010

Alex e Alex de volta à MK Music

A dupla de cantores cristãos Alex e Alex retornou à gravadora MK Music.

Os irmãos já tem um CD novo gravado e pronto para o lançamento, que será realizado agora pela MK Music. O contrato foi assinado na última terça-feira, dia 25.

Os cantores se dizem muito felizes em retornar à gravadora. Segundo Twitter oficial dos irmãos, o tempo em que estiveram longe da MK Music foi um tempo de tratamento e treinamento, algo que os fãs poderão detectar nas canções do novo CD.

Aliás, a dupla está muito feliz com o resultado de seu novo trabalho: “Sei q todos quando gravam disco sempre dizem, esse e o melhor.Mas eu tenho q dizer que esse album e timbrado de pura shekinah,sobrenatural.” afirmaram através de seu Twitter.

Confira o Twitter da dupla Alex e Alex: http://twitter.com/oficialexealex

Gmusica / Com informações do site oficial da MK Music e Twitter oficial da dupla Alex e Alex

Fonte: Diário Gospel

Line Records adianta detalhes do novo CD da Banda Catedral

Na tarde da última terça-feira, dia 25/4, a Subgerente de Produção Artística da Line Records, Joice Bernardo, visitou o estúdio em que, literalmente, está nascendo o novo CD da Banda Catedral, intitulado “Pedra Angular”. A reportagem do site Line Records aproveitou a ocasião para saber todos os detalhes deste projeto.

O vocalista Kim adiantou que trata-se de um tributo aos fãs e à origem da banda. “Esse trabalho é muito especial porque consiste em um CD tributo, em que prestamos homenagem a Deus, à origem da banda e aos fãs que nos acompanham nestes 21 anos. Neste projeto continuamos com a mentalidade artística e profissional que caracterizou o Catedral no mercado”, explica o cantor.

Sobre o repertório, Kim disse que já estão confirmadas cinco músicas inéditas e seis regravações, com destaque para os sucessos “Meio Sem Querer”, “Pai Nosso”, “Quem me Dera” e “Homens e Vozes”. Para surpresa dos fãs, as canções aparecem totalmente diferentes, com novos arranjos, cordas e até instrumentos. “Só não mudamos as letras, o restante é tudo novo. Na música ‘Pai Nosso’, por exemplo, colocamos até o som de orquestra”, adianta.

O cantor também destaca a música título do CD. Segundo ele, “Pedra Angular” pode ser considerada um dos carros-chefes do álbum. “Essa música nasceu a partir de uma declaração de amor a Deus. Ela retrata muito bem a harmonia que temos há 21 anos, acreditamos que tudo construído na rocha é sólido e para sempre, por isso a escolha do título”, explica.

Para os fãs que já estão ansiosos pelo lançamento do novo trabalho, Kim deixa um recado. “Só falta colocar voz em três músicas. Em seguida, partimos para a mixagem e masterização, mas não se preocupem porque essa fase será bem rápida. O trabalho está bem coeso, como um quebra- cabeça em que as peças se encaixam perfeitamente”, diz.

Assessoria de Imprensa Line Records

Fonte: Diário Gospel

Capitão da Seleção Brasileira conta seu testemunho e fala de sua vida como evangélico e jogador

“A Bíblia é meu manual de instrução.” A frase convicta e edificante é de quem poderá erguer a tão esperada taça do hexacampeonato brasileiro na Copa do Mundo de 2010, realizada entre junho e julho, na África do Sul. O zagueiro e capitão da Seleção Brasileira, Lucimar Ferreira da Silva, o Lúcio, de 32 anos, é mais que um líder em campo. Natural de Planaltina (DF), ele também capitaneia a semeadura da Palavra de Deus entre os jogadores evangélicos que vestem a camisa amarelinha. E o grupo de boleiros seguidores da Bíblia não é pequeno. Inclui Kaká, Felipe Melo, Gilberto Silva, Luisão, Juan, Josué e até o auxiliar técnico Jorginho, presidente do ministério dos Atletas de Cristo.

Visite: Gospel, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
Sempre após os jogos e treinamentos, eles se unem para momentos de pregação, oração e leitura bíblica. Se depender da fé, o hexa é nosso. A seguir, confira a entrevista exclusiva concedida pelo capitão Lúcio ao portal da SBB.

SBB: Há quanto tempo você é evangélico e como foi seu primeiro contato com a Bíblia?
Lúcio: Já faz 12 anos. Fui à igreja pela primeira vez com a minha mãe. Foi algo muito bom que aconteceu em minha vida e, graças a Deus, consegui me manter na igreja. Sou grato a Ele pela paciência e graça comigo e com minha família.

SBB: Costuma ler a Bíblia sempre na concentração antes dos jogos? E no ambiente da Seleção Brasileira?
L.: Em geral, sempre que posso procuro ler a Bíblia, pois isso é algo que me ajuda todos os dias. Na seleção, fazemos as reuniões em horários livres sem interferir no trabalho da equipe.

SBB: Qual sua tradução bíblica preferida?
L.: Aprecio muito a Almeida Revista e Atualizada.

SBB: Qual livro ou texto bíblico mais te inspira para jogar?
L.: Minha passagem preferida é Efésios 6.10, que fala sobre a armadura de Deus. Pois é isso o que peço sempre a Deus, sua proteção.

SBB: Você acha que a fé em Deus pode influenciar num bom desempenho e conquistas dentro de campo? Por quê?
L.: Creio sim que a fé é importante e, na minha vida, sempre fez a diferença. Mas com certeza o trabalho, a dedicação e o sacrifício no dia a dia são também, sem dúvida, fundamentais. Pois é dentro de campo que procuro fazer o meu melhor. O mais entrego a Deus.

SBB: Como é na Seleção Brasileira a convivência dos jogadores evangélicos com os não evangélicos?
L.: Vejo todos como amigos e sei que Deus ama a todos da mesma maneira. A convivência é muito boa, com respeito, amor e, até hoje, esta receita tem funcionado muito bem.

SBB: O que você acha da restrição da Fifa às mensagens religiosas dentro de campo?
L.: Temos, sobretudo, que respeitar. Mas creio que Deus vai nos dar uma forma de poder testemunhar seu amor ao mundo, lembrando que nosso próprio comportamento dentro de campo também pode ser usado por Deus para testemunhar.

SBB: O que a Bíblia representa na sua vida pessoal e profissional?
L.: A Bíblia tem sido meu manual de instrução. Ela me ensina a andar de acordo com a vontade de Deus. E Deus sabe o que é melhor para nós. Ele tem me mostrado a salvação e me ajudado a conquistar vitórias na minha vida e meu trabalho. E minha maior vitória é ter Deus no meu lar, com minha esposa e filhos. Essa é nossa maior vitória.

Fonte: SBB / Gospel+

Festival da Esperança – Evento reune Franklin Graham, Ana Paula Valadão, Michael W. Smith e outros

Depois de relutar em seguir os passos do pai e, assim, se transformar no seu sucessor nato, o norte-americano Franklin Graham, de 58 anos, pregou, pela primeira vez na vida, há 27 anos. Naquela noite, Graham teve uma experiência desanimadora diante de 1 mil pessoas e jurou que nunca mais pregaria. Mas o mesmo convite, vindo de um amigo e pastor evangélico, John Wesley White, surgiu seis anos depois, em uma cruzada evangélica. Ele aceitou e o povo, para quem declamaria palavras de salvação e de esperança, ouviu suas palavras. De lá para cá, Franklin não apenas reviveu a história de seu pai, Billy Graham – que pregou o Evangelho para mais de 200 milhões de pessoas, ao vivo, em centenas de cruzadas, e hoje tem Mal de Alzheimer, aos 91 anos de idade –, como promove, anualmente, uma dezena de festivais evangélicos pelo mundo, e dirige uma organização humanitária cristã, a Bolsa do Samaritano, que atua em cerca de 100 países e também em catástrofes, como a do terremoto que destruiu parte do Haiti.

Visite: Gospel, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
Esta semana, Franklin Graham chega ao Brasil, mais precisamente a Santa Luzia, na Grande Belo Horizonte, para o segundo festival de 2010, que será realizado no Mega Space. Ele estará acompanhado de artistas – como Ana Paula Valadão, Michael W. Smith, Toque no Altar, Tommy Coomes, Dennis Agajanian e David Quinlan –, que vão se apresentar no Festival da Esperança, com músicos locais e coral de voluntários de igrejas da região. Franklin esteve no Brasil em 2001, em Recife; e seu pai, em 1974, no Rio de Janeiro. Nesta quarta-feira, o evento é aberto somente a igrejas; quinta e sexta-feira, começa às 19h, e no sábado, às 8h, com programação infantil; e, às 18h, para adultos.

Em entrevista ao Estado de Minas por e-mail, o missionário disse que Santa Luzia foi escolhida porque ele vinha recebendo inúmeros convites das igrejas mineiras há anos. Sua mensagem durante todo o evento é de fé e esperança. “As pessoas estão procurando por esperança. A situação econômica mundial está se deteriorando e as pessoas querem saber que esperança podemos ter para o futuro. Quero que elas saibam que podem ter esperança eterna por meio de Jesus Cristo”, diz.

O Festival da Esperança é gratuito. Mais de 1 mil igrejas da Região Metropolitana de Belo Horizonte estão envolvidas, e o público esperado é de 220 mil pessoas. Só para ter ideia, o coral que se apresentará diariamente conta com 2 mil vozes. O espaço terá estrutura especial e, para o transporte, serão disponibilizados 600 ônibus, parte deles saindo da Estação BHBus São Gabriel, a partir das 16h.

Caixas de sapato

Assim como todas as outras cidades que foram sede do festival, Belo Horizonte receberá também um dos projetos assistenciais da organização cristã internacional de ajuda humanitária da Bolsa do Samaritano, também presidida por Graham. São as Caixinhas da Esperança, caixas de sapato repletas de presentes dentro, que serão distribuídas a crianças de mais de 100 comunidades carentes da região metropolitana, escolhidas pela organização do evento. Vão desde brinquedos a roupas e produtos educacionais e de higiene pessoal. As doações vieram de outros países por onde o festival já passou. Na sexta-feira, o próprio missionário Franklin fará a distribuição dos presentes a crianças de uma comunidade escolhida.

Serviço

Festival da Esperança
Mega Space – Avenida das Indústrias, 3.000 – Distrito Industrial II – Santa Luzia
Amanhã e sexta-feira, às 19h; e no sábado, às 8h, a programação infantil; e, às 18h, para adultos.
Gratuito

Fonte: Gospel+

Ser Cristão: Moda ou estilo de Vida ?

Ao refletirmos sobre as diversas percepções que um tema como este pode suscitar, nos vem à mente a advertência de Paulo em sua carta aos Filipenses, no capítulo 1, versículo 27. Ele afirma que os cristãos devem exercer sua cidadania de maneira digna do Evangelho. Isso significa uma vida coerente com o chamado. Não pode haver dicotomia entre aquilo que o cristão diz e aquilo que ele é. Em seu livro, “A Bíblia toda o ano todo”, John Stott afirma que é necessário ao crente uma consistência fundamental, manifesta em um caráter firme e embasado no Evangelho. Aos cristãos, nascidos de novo, cabe a busca pelo Reino e por sua justiça, a unidade como igreja na luta pela fé evangélica e a disposição resignada de sofrer pela Palavra de Cristo (Fl 1.29). Paulo também afirmou aos Gálatas que o morrer é ganho e que o viver é Cristo. Mas como manifestar este estilo de vida que se caracteriza pela cidadania digna do Evangelho?

Seu estilo de vida tem sido caracterizado pelo amor, humildade, paixão pela vida e senso de eternidade.

Viver apaixonadamente significa colocar sua energia e força na vontade de Deus. Aproveitar cada momento para glorificar o nome dele. Amar completamente significa se doar. Abrir o coração para um relacionamento saudável com Deus, consigo e com os irmãos. Explorar as ricas possibilidades do perdão.

Aprender humildemente representa a noção de que é necessário lutar sempre pelo aprendizado. Não há seres humanos prontos na Terra. Antes, temos que nos humilhar continuamente reconhecendo nossa pecaminosidade latente e nossa necessidade constante de Deus. Por fim, partir corajosamente significa colocar os olhos nas coisas que são do alto, deixando um legado de obediência e gratidão a Deus.

É mais complicado desobedecer a Deus e se desalinhar da vontade dele do que buscá-lo de todo o coração. Esperamos você lá, crendo que Deus fará o que Ele desejar e o convencerá que necessário é ao homem morrer para viver. Sinceramente, esperamos que seu estilo de vida seja marcado pela paixão por Jesus, pelo amor completo ao Senhor e ao próximo, por um aprendizado constante e por um legado consistente.

Pr. Ariel Alonso

Eleições 2010 – Igreja Assembléia de Deus não irá apoiar a evangélica assembleiana Marina Silva

A Assembleia de Deus, maior igreja pentecostal do Brasil, com 8,4 milhões de fiéis segundo o Censo de 2000, não apoiará a pré-candidata à presidência da República Marina Silva (PV). “O fato de ser evangélica e candidata não é suficiente para a igreja apoiá-la”, afirmou o pastor Joel Freire, que trabalha como missionário da Assembleia de Deus nos Estados Unidos. Filho de José Wellington – presidente da Convenção Geral das Assembleias de Deus do Brasil (CGADB) e suplente de Orestes Quércia (PMDB) -, Freire ressalta que Marina precisaria de “outros atributos”, como ser “conhecida pela comunidade evangélica e provar que poderia ser presidente”.

Visite: Gospel, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
Evangélica desde 1997, Marina Silva é filiada à Assembleia de Deus, que possui uma estrutura complexa. A igreja, cuja origem data da década de 10 em Belém do Pará, é divida em centenas de ministérios. Divergentes entre si, eles mantêm pouca unidade política e ideológica e, provavelmente, não terão o mesmo candidato nessas eleições. Apesar de não revelarem abertamente a escolha, é quase certo que o eleitorado evangélico se dividirá entre Dilma Rousseff (PT) e José Serra (PSDB), tendendo mais para o tucano.

“As pessoas votam, cada vez mais, a partir da preocupação instrumental, do que dá fruto, do resultado imediato”, afirmou Gedeon Alencar, especialista em ciência da religião e presbítero da dissidente Igreja Assembleia de Deus Betesda em São Paulo. Ele observa ainda que será diferente essa eleição: “Os evangélicos vão se dividir. Há duas décadas os evangélicos foram contra Lula, era mais definido”.

Para Alencar, ganha apoio quem tem algo a oferecer. “Mesmo Marina tendo uma marca da Assembleia de Deus, no encontro em Santa Catarina (em maio), quem foi convidado para falar foi o Serra“, disse. “Marina teria dinheiro para patrocinar? Não tinha. Então se dá ênfase para quem tem dinheiro para financiar”, afirma.

Caráter laico

Lideranças do PV em São Paulo acreditam que o fator religião pode ajudar na conquista de mais votos. “Evidente que há uma identificação com os cristãos. Quero crer que isso pode ajudar”, disse Maurício Brusadin, presidente do diretório do PV em São Paulo.

Mas é o discurso de tom laico que demonstra, para o cientista político da Unesp, Marco Aurélio Nogueira, o quanto a pré-candidata tenta “driblar e neutralizar” esse ponto.

“A fé é mais um ônus do que um bônus para ela”, afirma. Para Nogueira, o fato de Marina ter opiniões de fundo religioso pode afastar um tipo de eleitor “mais racional”, que apoiaria a causa do desenvolvimento sustentável. “Hoje, mais atrapalha do que ajuda. Tanto que ela não esta trabalhando esse ponto. A vitória dependerá muito das questões que vai privilegiar na campanha”.

Fonte: Gospel+ 27/05/10

Copa do Mundo 2010 – Ap. Estevam Hernandes manda recado para os evangélicos Kaká e Luis Fabiano

Diz a velha frase: futebol, política e religião não se discutem. Mas, na seleção brasileira, futebol é religião e política. Comandados por Jorginho, jogadores evangélicos organizam rodas de orações. Kaká e Luís Fabiano, ambos em recuperação de estiramento na coxa, foram abençoados virtualmente por Estevam Hernandes, fundador da Igreja Apostólica Renascer em Cristo.

Visite: Gospel, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
“Luiz, Deus te abençoe ricamente e te dê a cura em vitória em nome de Jesus. Estamos orando por você”, disse Estevam. Como resposta, Luís Fabiano escreveu: “Amém, Apóstolo Estevam …muito obrigado pelas orações…”. O atacante garantiu que está bem: “Graças a Deus estou muito bem”.

Para Kaká, o apóstolo mandou um recado. “Semana de demonstração do poder da fé”. Ontem pela manhã, o jogador escreveu: “Para cada manhã há um milagre de Deus. Andando com Jesus não há perdas”. Depois, usou a mesma expressão em inglês. A troca de mensagens aconteceu pelo Twitter oficial dos jogadores e de Estevam. A CBF liberou o uso da rede social, mas com restrições.

Fervoroso, Kaká, que costuma usar uma camisa com a inscrição ‘I belong to Jesus’ (‘Eu pertenço a Jesus’), é muito ligado à Igreja Renascer, onde casou e para a qual faz doações em dinheiro, além de ser amigo de Estevam Hernandes. O jogador entregou à Igreja o troféu de melhor jogador do mundo em 2007 e já admitiu que pretende virar pastor quando encerrar a carreira. Na África, ele usará uma chuteira com a inscrição ‘Jesus em primeiro lugar’.

A Seleção tem forte cunho evangélico, já que Jorginho é convertido e comanda rodas de orações na Seleção. Kléberson, inclusive, frequenta a mesma igreja do auxiliar de Dunga. Lúcio é amigo do apóstolo Estevam, com quem já fez viagens. “A Bíblia para mim é um manual. Você tem instruções ali que Deus deixou bem claras para você usar no dia a dia”, afirmou o zagueiro, recentemente. Já Felipe Melo revelou que seu maior sonho é ser diácono de sua igreja no Brasil.

Fonte: Gospel+

Presidente Lula se encontra com Missionário R. R. Soares para conseguir votos evangélicos para Dilma

O presidente Lula conversou com o bispo Romildo Ribeiro Soares, conhecido como Missionário R. R. Soares, fundador da Igreja Internacional da Graça de Deus. É um momento de campanha, embora em horário de expediente, com vistas a reforçar a candidata Dilma junto ao público evangélico.

Visite: Gospel, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
Tenta recuperar terreno onde o adversário, José Serra, já ciscou, nessa etapa da campanha disfarçada de “pré-campanha”. Fora do palanque do Dia do Trabalhador, que Lula dividiu com Dilma, Serra procurou os evangélicos, no dia 1º de maio. Em Balneário Camboriú (SC), participou do 28º Congresso Internacional de Missões dos Gideões Missionários da Última Hora.

Promovido pela Assembléia de Deus, o encontro reuniu milhares de fieis, sob a liderança do pastor Everaldo Pereira, do Partido Social Cristão (PSDC), que apóia Serra desde 2002.

Líder religioso que arrebata audiências na televisão, R.R. Soares apresenta o popular “Show da Fé”, transmitido pelas redes Bandeirantes e CNT. Ainda neste mês, ele estréia novo programa na Bandeirantes, agora em formato de talk show, no horário nobre que aluga desde 2003, a preços milionários.

R.R. Soares só perde em horas de aparição na tevê para o líder da Igreja Mundial do Poder de Deus, apóstolo Valdemiro Santiago, que, por sua vez, arrebanhou fieis do bispo Edir Macedo, fundador da Igreja Universal do Reino de Deus. R.R. Soares foi co-fundador da Universal e casou-se com a irmã de Macedo. Mas ambos romperam e ele fundou sua própria igreja.

Lula sabe que o voto evangélico tem participação expressiva na eleição e preocupa-se em aproximar a pré-candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, do segmento.

Para se ter uma idéia do alcance desse eleitorado, o Serviço de Evangelização para a América Latina (Sepal), organização protestante de estudos teológicos, estima que a metade dos brasileiros será evangélica em 2020. A conta parte da premissa de que a taxa de crescimento dos evangélicos na próxima década continuará a mesma dos últimos 40 anos. Em 1960, os evangélicos eram 4% da população brasileira. Hoje calcula-se que sejam 24%.

Fonte:Gospel+ 26/05/10

Evangelização infantil – Ilustrador cristão conta como leva a Palavra de Deus às crianças

Evangelização infantil é uma preocupação constante entre muitos pais evangélicos. Pensando nisso, o ilustrador cuiabano Generino Rocha desenvolveu a Turminha Shekiná e a Turminha Missionária. Por meio de histórias em quadrinhos, tirinhas e passatempos são contadas as histórias bíblicas em uma linguagem de fácil assimilação.

Visite: Gospel, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
Em suas histórias, os personagens se envolvem em situações que são narradas sempre mostrando como a Palavra de Deus ensina a agir. Além de contar histórias bíblicas em uma maneira contextualizada é ensinada através da Turminha Missionária a importância da evangelização e a diferença entre as pessoas e culturas.

Personagens bíblicos aparecem em divertidas histórias para contar sobre seus feitos aos personagens. Um detalhe importantes das publicações é que cada personagem tem características específicas, criando uma identificação com a criança.

Outra forma de publicação de seus trabalhos infantis evangélicos é por meio de tirinhas divulgadas em jornais no Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. “Também já lancei algumas edições próprias com apoio de empresários e da Lei de Incentivo a Cultura de Mato Grosso”, disse Generino.

A paixão de Generino por desenhos é antiga. Quando era criança, na década de 1980, começou a copiar desenhos de super-heróis de gibis. Em 1995 foi convidado a ilustrar um caderno infantil de um jornal de sua cidade. Este foi o pontapé inicial para desenvolver seus trabalhos, que são “frutos de muita concentração”, falou Generino.

Porém o ilustrador ainda não lança seus trabalhos por uma editora. Com é um artista em ascensão faz doação de 50% da tiragem para amigos, bibliotecas, empresários e editoras para divulgar seu trabalho. A outra parte da tiragem é distribuída em bancas e livrarias. “Também faço divulgação em massa na mídia gratuita local, que costuma ceder espaço para o artista mostrar seu trabalho”, contou.

No momento Generino está a procura de uma editora que lance seus produtos em nível nacional. Como é um material com uma linguagem fácil, porém profunda é uma ferramenta para a evangelização de crianças em igrejas, quando são realizados os cultos infantis, escolas dominicais e para filhos de pessoas que não são cristãs.

Além de seus trabalhos de evangelização infantil, Generino também lançou projetos de conscientização ambiental para crianças. “Garota Pantanal” e Ângela, a versão jovem são histórias de uma menina que faz de tudo para proteger o meio ambiente.

Os trabalhos de Generino podem ser encontrados em livrarias e bancas. Os interessados em divulgar os trabalhos em suas igrejas podem entrar em contato pelo telefone (65) 9919-8467.

Ao ser perguntado se gostaria de deixar um recado aos seus fãs, Generino fez que questão de dizer: “que creiam muito no Criado, entreguem seus caminhos a Ele e o mais Ele fará”.

Em breve Generino e seus personagens terão um lugar cativo entre os blogs Gospel+. Se você também quer seu blog no Gospel+, cadastre-se aqui.

Fonte: Gospel+ 25/05/10

Comercial de cerveja causa polêmica ao mostra Deus como argentino

Um comercial da cerveja Quilmes, patrocinadora oficial da seleção de futebol da Argentina, provoca polêmica ao mostrar “Deus” como sendo argentino. A propaganda, entitulada “Diós”, passou a ser veiculada neste fim de semana na Argentina relaciona Deus a momentos marcantes da seleção na história das Copas.

Visite: Gospel, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
“Para a Quilmes, assim como para todos os argentinos, a Copa do Mundo é uma ocasião muito especial”, diz Diego Belbussi, diretor de marketing da empresa. “Estamos seguros que esta propaganda deixará uma mensagem de confiança sobre a história, o presente e o futuro da seleção.”

No comercial, uma voz vinda dos céus fala à população que foi sim responsável por lances históricos nas Copas do Mundo, como a bola na trave que evitou a derrota da Argentina para a Holanda no último minuto da final da Copa de 1978, ou a série de bolas que chutadas na trave pelos jogadores do Brasil durante a partida contra os argentinos no Mundial de 1990. “Sim, fui eu”, diz a “voz” no comercial.

“Deus” também admite ter colaborado no famoso gol feito com a mão por Maradona contra a Inglaterra na Copa de 1986. “Esta pode ter sido sim a minha mão”, diz.

A propaganda segue mostrando lances decisivos protagonizados pelos argentinos, como os pênaltis defendidos pelo goleiro Goycoechea, também em 1990, o golaço de Maradona driblando vários ingleses, em 1986, o gol do título da final daquela Copa, marcado por Burruchaga contra a Alemanha, e o gol de Palermo em pleno temporal no final da partida contra o Peru, nas Eliminatórias para a Copa de 2010, que salvou a Argentina de ficar de fora da Copa. E “Deus” diz: “Não, isso não fui eu!”. O comercial termina pedindo ao povo argentino para torcer e amar as cores da seleção acima de tudo.

No Brasil, outra marca de cerveja, a Skol, veicula propagandas nas quais torcedores argentinos se tornam fãs da seleção brasileira após beber o produto.

Vídeo: Comercial da Quilmes com Deus como argentino


Fonte: Gospel+ 25/5/10

Pastor é arma secreta da Seleção Brasileira na Copa do Mundo

Pastor Anselmo Alves, 51 anos, não tem o peso de Dunga na seleção brasileira. Não se trata também de um ilustre desconhecido. Evangélico da Primeira Igreja Batista de Curitiba, Anselmo é o guardião de um grupo influente de jogadores no elenco de Dunga. E já tem encontro marcado com os atletas em Johannesburgo assim que a seleção desembarcar na África.

Visite: Gospel, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
O pastor ministra, na Igreja Batista em Curitiba, um enorme templo encravado no bairro Batel, no centro da cidade. E não foi possível encontrar os jogadores de Dunga no CT do Atlético-PR, quartel da seleção. O motivo: Anselmo Alves está na Itália e de lá parte na próxima semana para Johannesburgo.

A missão do pastor Anselmo é orar e encorajar os jogadores evangélicos, apontados como o núcleo forte da seleção. Entre os 23 convocados por Dunga, sete deles comungam da mesma fé: os zagueiros Lúcio e Luisão, os volantes Gilberto Silva e Felipe Melo, o lateral Daniel Alves, o atacante Luís Fabiano e Kaká.

Pastor Anselmo revelou que orou pela recuperação plena de Kaká e deve continuar com as orações durante da Copa. Desde o Mundial de 2002, o religioso acompanha a seleção. Naquele Mundial, ele foi decisivo na recuperação emocional de Lúcio, declarou o zagueiro.

“Lembro que ele estava arrasado com a falha que cometeu no gol de Owen no jogo contra a Inglaterra (o Brasil depois virou e venceu por 2 a 1, gols de Ronaldinho Gaúcho e Rivaldo, em confronto válido pelas quartas de final). O Lúcio chorou muito. Nos reunimos e oramos e ele se recuperou para os jogos finais”, contou o pastor em sua página na internet.

De 2002, passando pela Copa de 2006, a presença do pastor Anselmo tem sido constante nas andanças da seleção, em Eliminatórias e outros eventos.”Sempre que a seleção está reunida em algum lugar do mundo, ele viaja até o local e ministra aconselhamento, faz um encontro diário, para estudar a Bíblia”, conta o pastor Rogério Leite em seu blog da Igreja Batista Passo D”areia. “Alguns céticos e perseguidores do cristianismo falam contra, e até especulam que a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) paga as despesas de viagem e hotéis para o pastor Anselmo, mas todas essas despesas são pagas segundo ele, por amigos, irmãos da igreja e também jogadores de dentro e fora da seleção.”

Futebol no sangue. Anselmo, antes de se tornar pastor, era jogador de futebol. Nos anos 1980 atuou como ponta-direita do Atlético-PR, mas não teve sucesso como atleta profissional e abandonou a carreira.

Fonte: Estadão/ Gospel+

Chuteira especial de Kaká para a Copa do Mundo terá a inscrição “Jesus em primeiro lugar”. Veja em vídeo


Kaká e Grafite já receberam as chuteiras personalizadas que vão usar na Copa do Mundo de 2010. Os calçados foram feitos exclusivamente para os dois jogadores com as medidas e o material de preferência de cada um. As chuteiras foram produzidas na Holanda e trazem as bandeiras da seleção brasileira.

Visite: Gospel, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
A chuteira de Kaká vem com a mensagem “Jesus in first place” (Jesus em primeiro lugar). Já no calçado de Grafite vem com a escrita “Graffa 23″, uma marca do atacante.

Em resposta as acusações de gays, Silas Malafaia afirma: “preconceituosos são eles”

O pastor Silas Malafaia, em resposta aos comentários do presidente do Grupo Gay da Bahia (GGB), Marcelo Cerqueira, afirmou que “os grupos de defesa dos homossexuais precisam aprender a lidar com os contrários, pois preconceituosos são eles quando rotulam os outros de homofóbicos”. O líder religioso, que integra a Assembleia de Deus, não chegou a comentar, através de e-mail enviado ao Terra, os ataques do líder gay à pré-candidata à presidência pelo PV, Marina Silva. Na resposta, ele também não citou Cerqueira.

Visite: Gospel, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
Malafaia declarou aina que “o grupo mais anti-democrático da pós- modernidade é o dos defensores da prática homossexual”. Segundo ele, estes grupos querem trazer para o Brasil uma nova modalidade de crime, muito praticado pelos nazistas e fascistas – o crime de condenar radicalmente quem defende opinião contrária à deles. “Eles não suportam a crítica, e fingem não saber a diferença entre criticar uma conduta e discriminar pessoas”, comentou o pastor.

Ele diz desconfiar ainda que os grupos homossexuais não suportam a crítica pelo simples fato de que, no fundo, não têm convicção do que são. “O homossexualismo é um comportamento, e ninguém nasce homossexual”, defende Malafaia, que é psicólogo. Quanto às acusações de ser radical, ele devolve a qualificação aos militantes gays, dizendo que eles “tentaram de todas as formas junto ao Ministério da Justiça, censurar o meu programa de TV, a fim de tirá-lo do ar; e tentaram caçar-me no Conselho de Psicologia”.

O pastor ressaltou ainda que suas posições contra a prática homossexual se baseia na Bíblia, “o livro que representa a fé de 90% da população brasileira”, destacou. A oposição dos gays seria também a sua posição contra a aprovação da PL 122, que busca criminalizar a homofobia. “Os grupos homossexuais chamam-me de homofóbico. Ora, homofóbico é quem sofre de homofobia, que é classificada pela psiquiatria como uma doença que leva a pessoa a ter rejeição ou aversão aos homossexuais ou à homossexualidade. Isto, sim, é que é uma ofensa, e nem por isso eu entrei em qualquer instância judicial contra eles”.

Fonte: Terra / Gospel+

Billy Graham quer fazer sua última pregação

O evangelista Billy Graham pode sair da aposentadoria para pregar um sermão, embora esteja com problemas de saúde. De acordo com seu porta-voz, Graham disse que quer pregar novamente.

Visite: Gospel, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
“Aos 91 anos de idade, ele percebe que sua morte está se aproximando”, disse A. Larry Ross. “Ele está tentando valorizar cada dia, pois ele sabe que um dia vai se juntar a sua mulher, Ruth, no céu. É encorajador saber que ele permanece saudável, alerta e comprometido com seu chamado ao longo da vida”, disse o porta-voz.

Embora Graham tenha expressado seu desejo de pregar, Ross disse que a hora, local e formato ainda não foram determinados. Membros da família do pregador mencionaram que o evangelista pode ter seu sermão gravado e distribuído, ou pregar em 2011 para uma platéia ao vivo no Bank of America Stadium, em Charlotte, se a saúde permitir.

Há dois anos o evangelista não faz pregações pela televisão, nem aparece em público devido a questões relacionadas a sua saúde. No entanto ele ainda está envolvido na elaboração de projetos e com as orações Evangelísticas Billy Graham, uma associação pessoal. No mês passado ele se reuniu com o presidente Barack Obama em sua casa.

Após 55 anos pregando no mundo inteiro, Graham realizou a sua última cruzada evangelística em junho de 2005 em Flushing Meadows Park em Nova York. Ele fez uma última aparição em 2006 no Festival da Esperança com seu filho, Franklin, em Nova Orleans, quando a Costa do Golfo estava se recuperando do furacão Katrina.

No total, ele pregou para mais de 210 milhões de pessoas em 185 países e atingiu milhões de pessoas por meio de pregações veiculadas na televisão e Internet. Além disso, o evangelista tem sido regularmente citado pela organização Gallup como um dos “dez homens mais admirados no mundo”.

Fonte: Gospel+

ARIELY BONATTI FALA SOBRE MINISTÉRIO E CONTRATO COM A MK


Nesta quarta-feira (26), mais uma cantora entrou para o cast da MK Music: Ariely Bonatti, de Curitiba (PR). Depois de assinar o contrato e ser apresentada pela presidente da gravadora, Yvelise de Oliveira, a cantora falou com exclusividade à equipe de jornalismo.

Ariely contou sobre o início do seu ministério, como recebeu o convite da MK, falou sobre o CD O Tempo e muito mais.
A cantora grava nesta quinta-feira (27) entrevista para o Conexão Gospel.





Damares deixa recado para os internautas!



Acesse www.ministeriocantoradamares.com e conheça o blog Oficial!

Homenagem ao artista com Eyshila dia 22/05/2010





















Diário de Vítórias e Deus move o dom agora juntos.

Olá pessoal eu sou o Caique do Blog Deus move o dom e agora faço parte da equipe do DV, estou aqui para somar e gostaria de dizer que louvo a Deus por fazer parte desta família abençoada. Espero contar com o apoio e o carinho de vocês que acessam este blog, creio que esta parceria será edificante para o reino de Deus, pois o nosso objetivo é trazer noticias que engrandeçam o nome do Senhor.

Quero falar um pouco sobre o blog Deus move o dom, o DMD trata-se de um blog que tem como objetivo engrandecer a Deus e o louvar por seus dons, dádivas e por tudo que Ele tem confiado e nos capacitado a fazer e a cima de tudo louvá-lo por quem Ele é, quero que vocÊs saibam um pouquinho sobre o DmD (Deus move o dom).

O motivo do nome “Deus move o dom” surgiu de forma inesperada, senti em meu coração o desejo de ter um blog que tratasse de coisas concernentes ao reino de Deus então comecei a postar estudos, downloads de bíblia para celular, e criar matérias, coisas relacionadas a Deus, ao me questionar qual seria o nome do blog o Senhor ministrou profundamente ao meu coração este nome “Deus move o dom” e isto baseado em sua palavra que Diz: ...Subindo ao alto, levou cativo o cativeiro, E deu DONS aos homens Efésios 4:8.

Mediante a esta revelação segundo a palavra do Senhor, compreendi que Deus nos deu dons e que Ele é quem o move em nós, que a unção e o desenrolar do dom vem de Deus e sem a direção dEle nada podemos fazer. Por isso, o Deus move o dom sempre deixa bem claro que tudo vem de Deus e é para Deus.

Sobre a parceria com o blog Diário de Vitórias o que posso dizer em nome do DMD é que Deus é bom e faz além do que imaginamos e merecemos, depois de uma conversa que tive com o Wellington (instrumento que o Senhor moveu para esta parceria) recebemos o convite para fazer parte do DV o que me emocionou muito, amei ter me juntado a vocês! Que o Senhor mova o seu dom em nós, unidos em Cristo que é a nossa maior e soberana parceria.

Deus abençoe a todos!

Toda a boa dádiva e todo o dom perfeito vem do alto, descendo do Pai das luzes, em quem não há mudança nem sombra de variação.Tiago 1:17

porque sem mim nada podeis fazer.João 15:5

Governo do Paquistão bloqueia acesso ao YouTube

O governo do Paquistão bloqueou o acesso ao site de compartilhamento de vídeos YouTube nesta quinta-feira devido ao que classificou como "crescente conteúdo sacrílego" divulgado pelo website.


A versão em inglês da enciclopédia online Wikipedia também teve seu acesso restringido.

A ação contra o YouTube acontece um dia depois de o governo paquistanês ter bloqueado o acesso ao site de relacionamentos Facebook, como parte de uma ofensiva contra páginas de internet que supostamente divulgam conteúdo contrário ao Islamismo.

Segundo Orla Guerin, repórter da BBC em Islamabad, a Autoridade de Telecomunicações do Paquistão prometeu restringir o acesso a outros websites que façam o mesmo.

Por meio de um comunicado, os administradores do YouTube afirmaram estar "atentos ao problema e trabalhando para que o serviço seja restaurado".

Em 2008, o YouTube já havia sido bloqueado por um curto período no Paquistão, também sob a alegação de divulgar conteúdo ofensivo aos muçulmanos.

Protestos

A Autoridade de Telecomunicações do Paquistão afirmou ter ordenado os provedores de internet a "impedirem completamente" o YouTube e o Facebook de serem vistos dentro do Paquistão.

De acordo com correspondentes, ainda é preciso avaliar se os bloqueios aos sites serão bem sucedidos e se os cidadãos encontrarão meios para burlar as restrições.

O bloqueio ao Facebook foi determinado na quarta-feira por um tribunal da cidade de Lahore devido a uma página do website que convidava os usuários a desenhar caricaturas do profeta Maomé.

Por meio de um comunicado, o Facebook se recusou a retirar a página do website afirmando respeitar a liberdade de expressão dos usuários. A empresa ainda diz que, embora algumas pessoas possam considerar o conteúdo condenável, ele não viola as políticas do website.

Além do profeta Maomé, a página também traz caricaturas de personalidades ligadas a outras religiões, como o Cristianismo e o Hinduísmo.

Partidos islâmicos paquistaneses planejam protestos contra o conteúdo das páginas de internet.

Em 2006, cinco pessoas morreram durante violentos protestos contra a publicação de caricaturas do profeta Maomé em um jornal dinamarquês.

BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Fonte: noticias.br.msn.com

Chines é condenado a 15 anos de prisão por professar sua fé

Mãe apela às autoridades internacionais pela liberdade do filho
Imagine que seu filho foi condenado há 15 anos de prisão por um crime que não cometeu? Isso aconteceu com Alimujiang Yimiti . Em 2009, ele foi obrigado a passar por dois julgamentos secretos antes de ser acusado de vazar segredos de Estado a estrangeiros, e condenado à pena máxima de prisão pelo tribunal de Xinjiang, na China.
As autoridades o prenderam ilegalmente por mais de um ano sob a acusações de espalhar a religião na sua cidade de Kashgar. Posteriormente, as acusações foram mudadas, baseada em uma conversa privada do pastor cristão uigur, detidos junto de um amigo americano, Christian.
Nos últimos dois anos, a esposa Wushueran Gulinuer e a mãe intercederam aos policiais, funcionários do governo e agências estatais. Mas, os oficiais recusaram-se a vê-los, mesmo restrição sofreu os advogados em visitá-lo na prisão.
Em 20 de abril de 2010, a esposa e dois filhos de Alim o viram pela primeira vez em mais de dois anos. Mal reconhecendo o pai, o menino de quatro anos só pode olhar para ele por uma parede de vidro.
A esposa incentivou o filho a ser forte, e pai foi confortado por sua vez a sua família, sem saber quando iria vê-los novamente. Enfurecida pela injustiça, Wushueran Gulinuer exortar a comunidade internacional para exigir a liberação de Alimujiang.
Ao levantar nossas vozes em petição de Alimujiang Yimiti, que a comunidade internacional pode construir um futuro melhor, mais pacífico e para a China para o mundo. Esse é um apelo para Alimujiang Yimiti, um inocente cristão uigur presos por sua fé.
Fonte: Noticias Gospel maio 2010

Regininha Poltergeist, ex atriz pornô, afirma: “Agora, sou a Regina Pentecostes”

Celebrada nos anos 90 pelo cantor Fausto Fawcett como uma louraça belzebu, Regininha Poltergeist, de 39 anos, converteu-se na Igreja Evangélica Bola de Neve. Confira a entrevista completa concedida a revista Veja.

Como você se converteu?
Eu estava em depressão profunda por fazer trabalhos que não tinham a ver comigo. Por causa da grana, passei por cima dos princípios.

Regininha: “Estou esperando o varão que Deus vai escolher para mim”

Está se referindo aos filmes pornôs?
E às fotos nua também. Eu já não achava legal. Sempre fui tímida, mas me perdi pelo dinheiro. Essa coisa da carne é do diabo.

O que mudou na sua vida?
Tudo. As pessoas começaram a me tratar como eu sou: boa, solícita e que quer fazer o bem. Até meu guarda-roupa mudou. Só fiquei com as blusas comportadas.

Sem decote?
Isso eu já não usava. O problema é que não punha sutiã. Agora, visto top para esconder tudo e, se a blusa for transparente, ainda coloco sutiã por baixo.

Você tem namorado?
Ainda estou esperando o varão que Deus vai escolher para mim. Mas ele terá de pedir permissão à pastora para me namorar.

É uma mudança e tanto. Quantos parceiros você teve até se converter?
Ai, nem me lembro.

Não sente falta de sexo?
Claro, mas leio a Bíblia para pedir tranquilidade, acalmar meu coração e matar a carne, que é o mais importante.

Onde foi parar a Poltergeist?
Não existe mais. Esse apelido foi para o inferno. Agora, sou a Regina Pentecostes.

Fonte: Gospel+

Líder gay deixa partido de Marina Silva por ela não ser a favor do homossexualismo e a chama de dissimulada

O presidente do Grupo Gay da Bahia (GGB), o historiador e ativista Marcelo Cerqueira, anunciou que deixará o PV e deve ingressar no PT, depois de 10 anos de militância ao lado dos verdes. O ativista justificou sua saída pelo fato de a pré-candidata à presidência Marina Silva ser “dissimulada”, segundo ele, e os verdes estarem se tornando um partido de “direita reacionária”. Cerqueira, que é presidente do grupo desde 2007, aponta posições de Marina contra o aborto, por exemplo, como questões-chave para a sua decisão.
O fato de a senadora também não apoiar a bandeira homossexual incomoda o ativista. “Nós não temos nenhuma declaração dela de apoio concreto à luta dos homossexuais. A declaração que tem é pejorativa, pois ela recusou a bandeira dada pelo companheiro (vereador) Sander Simaglio, do PV em Minas Gerais”, disse.
Para Cerqueira, a religião da pré-candidata fortalece sua decisão. “Não dá para confiar. Na igreja em que ela comunga (Assembleia de Deus) tem o Silas Malafaia, que é um radical e um perseguidor dos homossexuais no Brasil inteiro”, afirmou. “Não posso continuar com gente que convive com esse cidadão e certamente comunga dos mesmos ideais. Para mim, Marina é uma dissimulada”, disse. Procurado pela reportagem do Terra, a assessoria do pastor informou que ele estava viajando.
O ativista contou que ainda não formalizou a posição no partido, mas garantiu que está tudo certo. Na Bahia, ele questiona também as posições do deputado federal Luiz Bassuma, dissidente do PT como Marina, e ferrenho opositor ao aborto. “Ele não é homofóbico de carteirinha, mas no Congresso Nacional se recusou a entrar na frente GLBT. Outros políticos na Bahia, considerados conservadores, entraram, mas ele se recusou”, disse.
Fonte: Gospel+

Silas Malafaia quebra silêncio e fala sobre sua saída da Convenção das Assembléias de Deus

Em atenção aos inúmeros e-mails e telefonemas recebidos após a declaração do pastor Silas Malafaia sobre o seu desligamento da CGADB (Convenção Geral das Assembleias de Deus do Brasil), no programa Vitória em Cristo exibido no dia 15/05/10, o agora ex vice presidente da convenção falou um pouco sobre sua saída.

Silas Malafaia respondeu a diversos questionamentos e especulações criados por pessoas na internet e aproveitou para compartilhar algumas de suas responsabilidades.
Confira na integra a nota oficial de Silas Malafaia abaixo:
“Minha renúncia ao cargo de vice-presidente e o meu desligamento da CGADB (Convenção Geral das Assembleias de Deus do Brasil) devem-se ao fato de eu ter assumido, repentinamente, o pastorado da igreja Assembleia de Deus Penha (RJ), que passou a denominar-se Assembleia de Deus Vitória em Cristo. Ao assumir a liderança desse rebanho, Deus me deu uma visão que demandará de todos nós muita dedicação;
Outrossim, sem dúvida, tal decisão deve-se também a assuntos de ordem interna dos membros da CGADB, que estão explícitos no documento que enviei via Cartório ao presidente da instituição, no dia 14/05/2010. Caso você seja membro da CGADB, é seu direito solicitar à secretaria da convenção (pelo telefone 21.3351-3054) uma cópia do documento, para que tome conhecimento dos principais motivos de minha renúncia. Afinal, a prudência me impediu de trazer a público essas questões internas em Rede Nacional de Televisão;
Continuo sendo um pastor com doutrina bíblica da Assembleia de Deus;
Não fundarei nenhuma convenção, seja de caráter nacional ou estadual;
A Assembleia de Deus Vitória em Cristo (RJ), por mim presidida, não aceitará em seu ministério nenhum pastor advindo de divisão de igrejas ou por motivo de rebelião;
Nunca me considerei superior a nenhum outro pastor da denominação ou de outras igrejas. Ao contrário, em minhas mensagens sempre digo que há muitos pastores melhores do que eu. Entretanto, talvez pelo fato de estar diariamente nos programas de televisão, as pessoas me julgam erroneamente como “grande”. Sou muito consciente de que existem melhores líderes e pregadores do que eu;
Não quero viver isoladamente com a igreja que Deus tem me confiado. Por isso, continuo membro do CIMEB (Conselho Interdenominacional de Ministros Evangélicos do Brasil). Caso a CEADER (Convenção Evangélica das Assembleias de Deus no Estado do Rio de Janeiro), na próxima reforma estatutária, permita-me pertencer a ela sem obrigar-me a ser membro da CGADB, eu continuarei na CEADER, pois esta permanece sendo uma convenção com ambiente democrático e salutar aos pastores. Sempre procuro me rodear de amigos pastores de todos os matizes ideológicos, buscando aprender das virtudes de cada um deles;
A minha decisão é estritamente pessoal. A prova é que alguns pastores que integram a Assembleia de Deus Vitória em Cristo e a Associação Vitória em Cristo, ambas as instituições presididas por mim, continuam sendo membros da CGADB. Tenho aprendido que o melhor modelo de liderança é a liberdade.
Por fim, convido a todos para rever o programa Vitória em Cristo, que será transmitido no próximo sábado, 22 de maio, a fim de que compreendam perfeitamente o meu posicionamento.”
Fonte: Gospel+

Superpop – Programa de Luciana Gimenez chama Gretchen, forrozeiro e pastores gays para debater sobre a Bíblia. Assista ao vídeo

Nesta terça-feira a Bíblia foi o tema discutido no programa Super Pop da apresentadora Luciana Gimenez. Falando sobre homossexualismo, vida com Deus e interpretações da Sagrada Escritura, foram convidados ospastores gays Marcos Gladstone e Fábio Inácio, Gretchen, pastor Otoni de Paula Júnior (Missão Vida), Emanuel de Albertin (intérprete da música Adão e Ivo) e um pastor da Igreja Renascer em Osasco.
O debate foi marcado por discussão e, muitas vezes, até brigas entre os convidados.


Ao falarem sobre o tema homossexualidade o pastor da Igreja comtemporânea, Marcos Gladstone, contou que era pastor da igreja Renascer e que convivia com outro pastor gay. “Porém ele me falava para esconder isso. O que acontece hoje na nossa sociedade é que as pessoas vivem um relacionamento duplo”, disse.

Em defesa dos homossexuais o pastor Fábio Inácio citou uma passagem da Bíblia em que Jesus fala para o homem deixar seus pais e se unir a uma mulher. Porém o pastor disse que nem todos entenderiam essa passagem porque na época existiam os eunucos, pessoas que não praticavam o ato sexual ou que não possuíam o órgão sexual.

Nesse momento o pastor Otoni de Paula Júnior o interrompeu dizendo que conhecia a faculdade em que Fábio Inácio se formou e afirmou que a hermenêutica utilizada para fazer a análise do texto estava errada.

Outro ponto de discussão foi a divulgação do vídeo na internet em que mostra a foto do casamento dos pastores homossexuais como plano de fundo e a música “Adão e Ivo”. Segundo o cantor Emanuel de Albertin o video foi postado por um desconhecido. Fábio Inácio afirmou que a música não é uma adoração a Deus, pois em nenhum momento cita Seu Nome.

“Eu não sei por que eles [o casal de pastores homossexuais] estão me processando. Se tivesse a foto do casamento deles e uma música do Roberto Carlos, o cantor também seria processado?”, disse Emanuel de Albertin.

Em resposta Marcos Gladstone afirmou que “o Ministério Público está entendendo que fere uma tutela coletiva. Hoje é a minha união que está ali, amanhã pode ser a filha da Gretchen”. O pastor disse que estava processando o cantor por ferir a imagem dos homossexuais. Porém Albertin disse que não irá deixar de cantar a música porque esta teria sido escrita por Deus.

Sobre esse assunto o pastor Otoni disse que comportamento é diferente de criticar pessoas. “A honra deles é inviolável. A música não fala sobre o casamento. Então eles não podem afirmar que o autor pensando nesse fato. Infelizmente colocaram uma letra em cima de uma foto. Eu não concordo com o processo”.

Para falar sobre o fato de Deus aceitar homossexuais, foi convidado um membro da Igreja Contemporânea, Marcos Aurélio, que afirmou ter sido aceito pelos pastores. “Freqüentei a igreja durante oito anos sendo ainda gay. Eu nasci gay e aos 16 anos eu entrei para a igreja evangélica no intuito de me libertar, querendo ser curado, como muitos gays tentam. Porém tive uma recaída e voltei para as drogas e prostituição. Foi quando pensei em me matar que os pastores Marcos e Fábio me amaram”, contou.

Mais uma vez o pastor Otoni foi contra e falou que existem vários casos de pessoas que deixam de ser gays e que gostaria que essas pessoas dessem seu testemunho de transformação no programa. “Sabe quem é o primeiro que nos convida a sair do armário? É Deus quando diz que nós precisamos confessar nossos pecados. Pecado é determinado pelo que palavra de Deus diz que é. Eles podem ser felizes, só não podem impor sua prática dentro da igreja”, disse.

O fundador da Igreja Contemporanea, pastor Marcos Gladstone, disse que Deus aceita os homossexuais e que havia realizado um estudo sobre isso. Porém o pastor da igreja Renascer em Osasco falou que Gladstone está pegando textos da Bíblia e mudando o sentido. Ele citou Romanos na passagem em que diz que as pessoas estão mudando a verdade de Deus. Também falou sobre o sexo entre homens na Bíblia. “Portanto a Bíblia trata o homossexualismo como um erro”, falou.

A cantora Gretchen, que se diz evangélica, tentou entrar no assunto, chegou a querer citar a Bíblia, mas foi alertada pelo pastor que estava errada, a passagem que ela falava não era do Livro Sagrado. Ao final Gretchen ainda ironizou o pastor que a corrigiu: “A Bíblia fala venha até mim do jeito que está. Eu estou inventando a Bíblia agora?”

Para finalizar o programa, Luciana Gimenez abriu espaço para cada convidado dar um recado e perguntou ao pastores heterossexuais se eles aceitariam o fato de ter um filho gay. Ambos os pastores disseram que o amariam de qualquer forma, porém tentariam converter o filho. O pastor Otoni finalizou dizendo que quem julga é Deus.

No twitter, durante o programa, pode ser visto uma vasta reprovação não só ao programa Superpop e sua sede por sensacionalismo, mas ao fato de existirem pastores e igrejas gays.

A apresentadora Luciana Gimenez foi duramente criticada por mesmo sendo a mediadora do debate, ter ficado claramente favorecendo os gays. O debate aconteceu um dia antes de uma passeata pró-gay em Brasília.








Fonte: Gospel+ 20/05/2010

Eyshila: “Homenagem ao Artista” com a cantora irá ao ar no próximo sábado, dia 22”


O programa que homenageia a cantora gospel Eyshila irá ao ar no próximo sábado, dia 22 de maio. O quadro “Homenagem ao Artista”, do Programa Raul Gil, já contou com a presença de diversos artistas cristãos como Fernanda Brum, Aline Barros e Mara Maravilha.
O programa foi gravado no dia 16/03 e marcou a estréia de um novo cenário do programa.
O quadro contém lembranças dacarreira de Eyshila, além de depoimentos de pessoas marcantes na vida da cantora. Os jovens talentos revelados no programa também cantam músicas de Eyshila.
Assista o programa que vai ao ar à partir das 13h do dia 22/05, sábado.

Fonte: Gospel+ 18 de maio 2010-05-19

Novo clipe do Casting Crowns terá a participação de brasileiros

Na manhã do dia 13 de maio uma pequena, mas entusiasmada turma de admiradores do Casting Crowns se reuniu na Praia de Botafogo – Rio de Janeiro, para a gravação do clipe “Until The Whole World Hears”.


Além das belíssimas imagens feitas sob o céu azul da cidade maravilhosa, outras cidades de vários países do mundo também farão parte do clipe, como Canadá, Japão, Austrália e Inglaterra.

Por aqui, as imagens foram feitas em frente ao Pão de Açúcar, um dos cartões postais da cidade.

Se depender da alegria dos que estiveram presentes, o clipe será incentivo para que todos cantem até que o mundo inteiro possa ouvir!

Fonte Super Gospel 19/05/2010

Heloisa Rosa entra em fase de pré produção para o seu novo álbum

A cantora Heloisa Rosa já está trabalhando em seu novo cd, com lançamento previsto para até o final deste ano. “As novas canções já estão na fase de pré-produção, e, se o Senhor permitir, se tudo ocorrer conforme temos planejado, o álbum será lançado ainda em 2010″, conta Heloísa.


Este, que será o quarto disco solo da cantora, trará uma nova mensagem, tratando de outros temas. “Lentamente, as novas músicas vão tomando forma, e a temática predominante nas letras será diferente do mais recente trabalho, "Estante da Vida", no qual são abordadas questões relativas à identidade dos cristãos, enquanto filhos e servos de Deus”, observa Heloisa, afirmando:

“Quando descobrimos quem somos Nele, damos um passo fundamental em busca da maturidade espiritual”.

O novo álbum trará também sonoridades novas, resultantes das mudanças na formação da equipe, que agora é composta por William Douglas na guitarra, Clésio Isac na batera, e Fernando Souza no baixo. “Chegou o tempo das mudanças, e eu gostaria de deixar claro que a saída dos músicos Filipe Marcelo Raicoski, (baixo) e Felipe Dick Friesen (guitarra) foi tranquila, normal”, conta Heloisa, que ressalta: “não há nenhuma mágoa entre nós. Nossa aliança em Deus e nossas amizades continuam intactas”.

Ainda não há gravadora definida, apenas estudos e algumas propostas. Ao contrário do que se especulou na internet, nada há previsto quanto à gravação de um dvd.

Fonte: Super gospel

Agenda de Lançamento do DVD Renovo - Ministério Clamor Pelas Nações

Dia: 11/05/2010 – 19h30min horas


Local: Igreja Batista da Lagoinha
Rua Manoel Macedo, 360 São Cristovão
Informações: 31 3378.7798
Cidade: Belo Horizonte - MG



Data: 15/05/2010 – 19h30min horas

Local: Igreja Evangélica Congregacional em Bento Ribeiro
Rua Domingos dos Santos, 290 - Bento Ribeiro
Informações: 21- 33595855 21- 33595855 / 33902459
Cidade: Rio de Janeiro - RJ



Data: 19/05/2010 – 19h00min horas

Local: Primeira Igreja Batista do Brasil
Av. ACM, 3749
Informações: (71) 33335400 (71) 33335400
Cidade: Salvador – BA

Fonte: supergospel

Nívea Soares e Pr. Adhemar de Campos na Revista Raça Brasil

Aos poucos, a música cristã vem quebrando paradigmas e ganhando espaço também na mídia secular. Um exemplo disso é a Edição de Maio da Revista Raça Brasil, que destaca Nívea Soares e o Pr. Adhemar de Campos.

A cantora é citada na coluna ‘Na Pegada! Música’ como ícone da música gospel brasileira, com referência ao álbum Acústico, gravado no Citibank Hall (SP) pela Aliança. Já o Pr. Adhemar de Campos ganhou espaço na mesma sessão pelo CD Comunhão e adoração 6, gravado ao vivo no Theatro São Pedro (SP).

Publicada pela Editora Escala, a Revista Raça Brasil é a primeira e única revista de grande porte direcionada para a comunidade negra brasileira. Desde 1996, tem sido causa e efeito de grandes mudanças, tanto no mercado editorial quanto publicitário.

O veículo conta com um conselho editorial composto por lideranças negras do país, incluindo políticos, empresários, artistas e intelectuais, trazendo em seu conteúdo temas como moda, beleza, cultura, comportamento e atualidades, além de dar ênfase à política e debates sobre questões sociais.

Fonte Supergospel 18/05/10

Análise CD A quem enviarei (Michelle Nascimento)

Membro da família mais influente no cenário gospel nacional, Michelle Nascimento acaba de lançar o terceiro cd de uma carreira já consagrada pela Line Records – A quem enviarei – provando que conseguiu fazer sucesso além do sobrenome famoso.


Com uma temática voltada para o despertamento da igreja nos últimos dias a cumprir o ide do Mestre, o álbum foi produzido pelo pai Tuca Nascimento e gravado no Estúdio Canto de Vitória que contou com a participação de músicos renomados como o tecladista Tutuca Borba, músico da banda de Roberto Carlos.

Com 11 faixas, o álbum traz belas letras embaladas por arranjos criados pelo próprio Tuca e com um back-vocal de primeira com alguns integrantes da Família Nascimento além de um coral de 24 vozes que deu um ar de “ao vivo” em algumas faixas.

O disco já abre muito bem com a bela Sara as feridas (Henrique Nascimento e Orlando) que traz um solo de sax com Zé Canuto e o som de violinos que preenchem essa verdadeira oração talentosamente interpretada pela cantora que ainda é abrilhantada com a participação do coral – “Sara as feridas do coração / Eu tenho sede de Ti / Quebre as correntes do mal / E me ergue com poder / Como ergueste a Davi em momentos de aflição / Faça o mesmo em mim / Eis aqui meu coração”.

O coral também participa de Acreditar e confiar, assinada pelo baixista Charles Martins e marcada pelo naipe de cordas de Tutuca Borba e os violões de Tuca Nascimento, Renan Penedo e Simei Moraes.

Louvor de um fiel, assinada pela dupla Gislaine e Mylena, conhecida por louvores pentecostais nas vozes de Léa Mendonça, Jossana Glessa e Rayssa e Ravel, conta a passagem de Paulo e Silas envolvida pelas guitarras de Valmir Aroeira e Simei Moraes e o peso da bateria de Edmar, Renan Martins e Leonardo Reis.

“O meu olhar vem procurar pessoas que levem a verdade / Que levem o reino, que levem a cura / Ao mundo que precisa de milagre e salvação / A quem enviarei?”. Esse trecho da canção A quem enviarei, escrita por Michelle Nascimento em parceria com Simei Moraes, inspirou parte do ensaio fotográfico produzido para o encarte do álbum com gerência artística de Adriana Reis. A interpretação da cantora é tão forte que chega a arrancar aplausos do coral ao final da canção.

E por falar no lado compositora de Michelle, podemos observar essa versatilidade nas faixas seguintes: Me perdoa que lembra a passagem do filho pródigo com um belo instrumental e Viva o milagre de Deus, feita em parceria com Michael Nascimento, traz uma sonoridade africana ao álbum.

Uma faixa que merece destaque é Sê fiel até o fim (Michelle Nascimento e Aline Santana) que conta com as participações de Aline Santana e da irmã mais velha Gisele Nascimento. O talento das três vozes nessa canção que dispensa qualquer comentário serve de encorajamento para os servos do Senhor.

Outra participação é a de Tuca Nascimento que faz dueto em Canto de vitória, gravada pelo mesmo no passado na época da dupla Nascimento e Silva. Lembra aquelas modas de viola e mostra as raízes de Michelle e conta com a participação do flautista Renan Penedo.

Eu quero tocar (Eliatan Dias) conta a história da mulher do fluxo de sangue com boa harmonia entre cantora e back – “Basta a minha fé ser como um simples grão de areia / Pra mover as montanhas e ver o impossível acontecer / Não importo pro que vejo / Acredito nas promessas / Que os meus sonhos verão a Tua Glória”.

Nuvem de unção, escrita por Adriano Barreto e Lázaro Rios, tem aquela pegada pentecostal herdada da família e lembra a temática do sucesso "500 graus", gravado por Cassiane.

Encerrando o álbum, Me prostarei (Michelle Nascimento e Simei Moraes) é baseada na passagem de Isaías 6 e funciona como complemento da faixa "A quem enviarei".

Ouça o cd, saia da zona de conforto e vá em frente para cumprir o ide de Cristo nesses últimos dias. Não tema! Ele é e sempre será com você.

Faixas:

1. Sara As Feridas
2. Acreditar e Confiar
3. Louvor De Um Fiel
4. A Quem Enviarei
5. Me Perdoa
6. Viva o Milagre De Deus
7. Sê Fiel Até o Fim
8. Canto De Vitória
9. Eu Quero Tocar
10. Nuvem De Unção
11. Me Prostrarei

Fonte Super gospel

Testemunho do filho de fundador do Hamas: de líder extremista a cristão evangélico

A vida do palestino Mosab Hassan Yousef, de 32 anos, desafia a lógica do conflito árabe-israelense, em que as rivalidades são quase sempre hereditárias. Filho mais velho do xeque palestino Hassan Yousef, um dos sete fundadores do Hamas, grupo terrorista transformado em partido, o jovem foi criado para ser um líder extremista. Contra todas as possibilidades, traiu o pai, colaborou com o inimigo, denunciou os companheiros e converteu-se ao cristianismo. Após dez anos de bons serviços prestados como agente duplo do Shin Bet, o serviço secreto militar de Israel, hoje Mosab Yousef vive na Califórnia, nos Estados Unidos, onde divide o seu tempo entre o surfe e os cultos em uma igreja evangélica de San Diego. Em entrevista concedida a VEJA por telefone, ele definiu o Corão como “um livro doente que deveria ser banido das escolas, das bibliotecas, das mesquitas”. Em sua biografia, Filho do Hamas (Sextante), lançado no Brasil na semana passada, a vocação de Yousef para fazer proselitismo religioso ganha, felizmente, menos espaço do que as histórias de espionagem e traição que envolvem sua trajetória.

A desilusão com o Islã e com o Hamas começou no período em que Yousef esteve preso em Megiddo, uma penitenciária israelense a 5 quilômetros da fronteira com a Cisjordânia. Detido por porte de armas em 1996, quando tinha 18 anos, Yousef permaneceu em uma área exclusiva para integrantes do Hamas. Durante os dezoito meses em que esteve preso, testemunhou membros do grupo torturando os próprios colegas. Qualquer um que demorasse um pouco mais no banho ou tivesse um sotaque diferente podia ser acusado de agente duplo e receber uma punição.

Os terroristas enfiavam agulhas sob as unhas dos suspeitos e derretiam embalagens plásticas para queimar sua pele. Para não deixar que os gritos das vítimas chamassem a atenção dos guardas israelenses, ligavam a televisão no volume máximo. “Era um grau de brutalidade que nem mesmo os israelenses tinham conosco”, diz Yousef. Depois de ser libertado, ele encontrou um jovem estrangeiro que lhe apresentou os dogmas evangélicos. Começou, então, a ter aulas noturnas de religião em uma escola católica de Ramallah, na Cisjordânia. O processo de conversão ocorreu às escondidas e durou seis anos. Já na prisão Yousef fora convidado a colaborar com o Shin Bet. Ele acredita que seus colegas palestinos nunca desconfiaram de sua vida dupla simplesmente por ser o filho de quem era: um dos mais influentes líderes do Hamas. O parentesco dava ao jovem acesso à elite política palestina, como Yasser Arafat, e aos bastidores dos planos terroristas de grupos como o Hamas e a Brigada dos Mártires de Al Aqsa, ligada ao partido secular Fatah.

Foi graças a informações passadas por Yousef que alguns dos homens mais perigosos dos territórios ocupados puderam ser presos. Em 2001, Yousef telefonou de seu carro para o Shin Bet e deu as coordenadas para a localização do veículo em que se encontrava Muhaned Abu Halawa, um traficante de armas de 23 anos procurado por dar apoio logístico aos atentados da Brigada dos Mártires de Al Aqsa. Em seguida, do alto de uma colina, um tanque israelense fez disparos precisos em direção ao carro de Halawa, estacionado em uma rua de Ramallah. “Um dos projéteis atravessou o para-brisa, mas Halawa deve ter percebido o ataque, porque abriu a porta a tempo e pulou para fora, em chamas”, diz Yousef, que se encontrava a poucos metros do alvo.

O informante, acompanhado do pai, ainda visitou o terrorista chamuscado no hospital. Meses depois, os israelenses eliminaram Halawa com mísseis lançados de dois helicópteros, dessa vez sem a ajuda de Yousef. “Posso dizer que, durante toda a minha colaboração com o Shin Bet, sempre me preocupei em apenas participar de operações que não atentassem contra a vida humana”, diz o ex-agente duplo.

Nem sempre esse princípio funcionou. Em 2002, Yousef recebeu cinco homens pedindo ajuda em sua casa, em Ramallah. Eles estavam com um automóvel cheio de explosivos e precisavam de um lugar seguro para se esconder antes de realizar um atentado em Israel. Yousef deu dinheiro a eles e recomendou que encontrassem um hotel nas proximidades. Em seguida, ligou para o Shin Bet, que, discretamente, recolheu o carro-bomba. O informante palestino pediu para poupar os militantes. A condição foi aceita. Durante a noite, os militares israelenses invadiram o quarto dos terroristas para prendê-los. Um deles tentou escapar pela janela, mas foi abatido a tiros antes de alcançar a rua. Yousef garante que nunca colaborou com os israelenses por dinheiro.

Em pelo menos três ocasiões, contudo, ele recebeu uma espécie de ajuda de custo de Tel-Aviv. Em uma delas, ganhou algumas centenas de dólares para “comprar algumas roupas, cuidar de mim mesmo e curtir a vida”, como ele descreve no livro. Em 2005, seu pai, Hassan Yousef, estava sendo procurado pelos israelenses, e ele resolveu ajudá-lo, escondendo-o. Yousef, o filho, enfrentava um dilema: se continuasse escondido com o pai, poderia ser morto junto com ele; se o delatasse, temia que sua identidade como informante fosse descoberta pelo Hamas. Resolveu telefonar para o Shin Bet, pedindo para ser preso junto com o pai. O líder do Hamas está até hoje na cadeia. Seu filho ficou apenas três meses preso. Na sua avaliação, o pai, por ser da ala política do Hamas, não pode ser considerado um terrorista. Ainda assim, Mosab Yousef acha que fez a coisa certa.

Fonte: Veja / Gospel+ 19 de maio 2010-05-19
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Blog Diário de Vitórias © 2010 | Designed by Trucks, in collaboration with MW3, Broadway Tickets, and Distubed Tour